6 motivos que vão fazer você dar uma chance para NiOH (PS4)

Jogo da Team Ninja chega trazendo jogabilidade exigente e semelhança com Dark Souls
0

Nioh é muito mais que um Dark Souls embrulhado no Japão feudal. Apesar de diretamente influenciado pela série Souls, a Team Ninja conseguiu criar um jogo que com certeza fará parte da coleção de gamers mais exigentes.

Desenvolvido por mais de 10 anos (em 2004 ele foi anunciado, quando tinha lançamento previsto para o PlayStation 3 em 2006), Nioh reflete em qualidade o tempo investido, trazendo um jogo que, mesmo devendo muito à série da From Software, não deixa de ter sua própria identidade.

Para aqueles céticos que acreditam que o game só pegou títulos consagrados para causar tanto alvoroço no mundo dos videogames, listamos abaixo alguns motivos para você dar uma chance para essa obra!

1. Trama interessante

Nioh se passa nos anos 1600 do Japão. O jogador assume o controle de William Adams (baseado no personagem histórico de mesmo nome), que vai seguindo através do país, se tornando um samurai e lutando contra os Yokai (espíritos demoníacos) que invadiram a terra.

2. Variedade (quase) infinita

Nioh possui uma incrível variedade de armas à escolha do jogador – são cinco categorias para armas brancas e cinco para armas de fogo, sendo que William pode equipar duas de cada grupo por vez.

Some a isso uma grande variedade de armaduras e outros acessórios,  assim você vai perceber que boa parte da mecânica do game foca em forçar o jogador a pensar na hora de aumentar seu poder por meio das mais diversas combinações.

3. Riqueza de detalhes

A obra traz em detalhes surpreendentes a era Sengoku no Japão (conhecido por Período dos Reinos Combatentes). Das pagodas pitorescas às vistas deslumbrantes de campos japoneses, jogar Nioh é também uma gostosa viagem por um dos momentos mais importantes e conturbados da história do Japão.

É um relato histórico muito próximo de Assassin’s Creed, com encontros com figuras históricas como Oda Nobunaga e Tokugawa Ieyasu.

4. Multiplayer Online

Atualmente tornou-se padrão a opção de multiplayer online e Nioh não ficou de fora. É possível se conectar com outros Williams que se inscreveram para ajudar.

A invocação de aliados é feita por meio de qualquer santuário no jogo, e, uma vez juntos, os jogadores podem explorar qualquer missão e, naturalmente, fornecer ajuda significativa contra qualquer inimigo (principalmente os chefes).

5. Desafiando a morte

Nioh vai fazer você chorar de frustração! Não basta ser o melhor combatente, ter a melhor arma e a melhor armadura.

As lutas exigem habilidade e treino dos jogadores, que devem sempre se lembrar de não perder completamente o Ki (a estamina em Nioh e tão preciosa em Dark Souls), e sofrerem as consequências da paralisação completa que vem com esse esgotamento.

Para melhorar, alguns inimigos possuem ataques que não podem ser bloqueados e os chefes de cada nível são fortes e cruéis a ponto de, quando finalmente derrotados, transmitirem o cansaço e suor da batalha para o jogador.

6. Técnicas para sobreviver em NiOH

 

A dificuldade de Nioh para dominar seu complexo sistema de combate pode até afugentar alguns gamers que preferem o bom e velho “apertar e matar” sem muita dificuldade, mas eu vejo a complexidade como um ponto positivo.

Além do combate complexo em si, o jogador tem à disposição de escolher uma entre três intensidades de ataque (alta, média e baixa – quanto mais forte o ataque, mais lerdo e mais Ki ele consome), tornando a customização ainda mais divertida e complicada.

As missões começam em um santuário. Semelhantes às fogueiras (bonfires) em Dark Souls, os santuários são áreas seguras onde se pode gastar a Amrita – que é ganha ao derrotar inimigos – para subir de nível, receber bênçãos que concedem habilidades passivas, convocar ajuda de jogadores on-line entre outros.

Cada nível acaba sendo explorando tentativamente, onde o jogador deverá aprender as posições do inimigo, estudar quem atacar e quem evitar, tudo enquanto tenta estocar Amrita e equipamentos para ajudá-lo mesmo com a probabilidade de sucesso estar contra você o tempo inteiro.

Você vai cutucar e testar a força de seus inimigos, vai morder um osso muito maior que a boca e morrer, ou você ainda vai perder a paciência e cometer algum erro, resultando em outra morte dolorosa.

Nioh tem lançamento previsto para o dia 7 de fevereiro, sendo exclusivo para PS4.

Queremos saber o que você achou de Nioh. Comente abaixo suas impressões do jogo!