Resenha | O Cosmos de Einstein – Michio Kaku

Companhia das Letras acerta na relativização para uma leitura científica prazerosa
0

A OBRA

Com toda a certeza o físico mais pop do mundo, Albert Einstein é sinônimo de gênio, uma personalidade às vezes irreverente, um pouco infantil (no bom sentido) e surpreendentemente inteligente.

O Cosmos de Einstein, escrito por ninguém menos que Michio Kaku (outro gênio da física) explora a mente e a história de Einstein em 3 quadros: Apostando Corrida com um Raio de Luz, Espaço-Tempo Deformado e Teoria do Campo Unificado.

Cada quadro apresenta um aspecto principal das teorias de Einstein (a Teoria da Relatividade Geral, a Teoria da Relatividade Especial e a Teoria Unificada).

Kaku consegue expor de forma muito simples e didática não só os fatos que ocorreram ao longo da vida de Einstein mas dá um toque sutil e suave às descobertas mais complexas da física moderna.

UMA SIMPLES MENTE BRILHANTE

Sua maneira de lidar com a física de sua época levaram Einstein a utilizar muito de sua poderosa imaginação incluindo situações do cotidiano do que complexas equações e dados que o trancassem em um laboratório.

A infância de Einstein na minha opinião é uma das melhores partes de O Cosmos de Einstein:

O interesse de Einstein por ciência começou cedo, a partir de seu encontro com o magnetismo, que ele chamou de seu “primeiro milagre”. Ele ganhou uma bússola do pai e ficou fascinado com o fato de que forças invisíveis conseguiam fazer objetos se moverem.

UM ROCKSTAR DA CIÊNCIA

O jeito irreverente, o cabelo bagunçado crescido pelos anos, sua aversão à educação rígida em geral (Einstein se entediava com facilidade em matérias que não o interessavam), realmente tornaram o pai da Teoria da Relatividade em um rockstar de nosso tempo e de sua própria época.

Uma pessoa interessantíssima, Einstein adorava tocar violino e andar de bicicleta ao passo que desbravava uma nova física. Mas não se enganem, em O Cosmo de Einstein mostra-se o homem além do gênio, uma pessoa muitas vezes difícil de lidar e compreender.

EXPLORE IDEIAS COMPLEXAS IMAGINANDO SITUAÇÕES SIMPLES

Em O Cosmos de Einstein, Kaku consegue transmitir de modo brilhante não só a ideia central de cada Teoria como esmiúça com simplicidade as complicações de cada Teoria quando confrontadas com a vigente física da época.

A não muito bem compreendida força do éter e a sólida física clássica de Sir Isaac Newton foram graciosamente repensadas pelo físico alemão.

Einstein trouxe ao mundo a ideia da gravidade não como uma simples força de atração de dois corpos, mas como a curvatura do que podemos chamar de realidade (o agora muito famoso espaço-tempo).

10
Edição 10
Enredo 10
"Final" 10
O VEREDITO

O conjunto da obra é perfeito para aqueles que buscam saber mais sobre física e ciência em geral. Michio Kaku, que é alguém mais do que qualificado para nos guiar por essa jornada, apresenta ao leitor um livro gosto de ler, não muito grande, recheado com informações e dados interessantíssimos. A Companhia das Letras faz muito bem em ajudar as pessoas a se reaproximarem da curiosidade sobre ciência em geral. Recomendamos a leitura!